Marcadores principais

Apesar do Medo

22.4.14


Chega uma hora em que você precisa parar de fugir. Desculpe se a ideia te assusta. Mas, se serve de consolo, assusta a todos nós.

A verdade é que não podemos adiar certas coisas para sempre. Uma delas é o acerto de contas com monstros do nosso passado, que, lamento informar, mais cedo ou mais tarde, cruzarão nossos caminhos novamente. E com a volta dessas pessoas, virá o medo, o frio na barriga provocado por lembrar o quanto você era fraco.

Mas a vida é assim: ela não inicia um ciclo para deixá-lo sem fim. Toda história mal resolvida há de se resolver algum dia. Já ouviu falar que ninguém entra nas nossas vidas por acaso? É clichê, mas é verdade. Têm pessoas que entram em nossas vidas, depois saem, e voltam na hora certa.

Sim, na hora certa!

Quando, apesar do friozinho na barriga, sabemos quem somos. Sabemos o que queremos. Quando já estamos fortes. É a nossa chance de nos livrarmos de vez dos últimos resquícios do passado, de em fim virarmos a página completamente. De provarmos que, mesmo com medo, somos corajosos. Talvez o verdadeiro significado da palavra coragem seja esse: o talento de ignorar o medo, de seguir em frente apesar dele.

Então, da próxima vez que a vida trazer pessoas de um passado que te assombra de volta à tona, agradeça. E tenha em mente que o friozinho na barriga que você sentirá nessas horas passa muito mais rápido do que o peso de histórias mal resolvidas na bagagem. Pode confiar, experiência própria. Os dias cinzas ganham cor quando você sorri apesar do medo.

Um beijo, Taís K.

12 comentários:

  1. lindo texto"Já ouviu falar que ninguém entra nas nossas vidas por acaso? É clichê, mas é verdade. Têm pessoas que entram em nossas vidas, depois saem, e voltam na hora certa"
    sabe essa frase?estou vivendo ela agora

    ResponderExcluir
  2. Que texto incrível, Tais <333

    Cada texto que você faz, vai melhorando <33

    Beijos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muuuuito obrigada, Cléo, sua linda <333
      Beijos!

      Excluir
  3. Adorei o texto e principalmente as palavras que você usou.
    Eu já passei por isso, no início eu ficava com medo, chorava, às vezes eu sentia a vontade de sumir, só para não ver as pessoas que tinham me machucado.
    Hoje eu converso com os meus pais, e tudo o que me deixou triste no passado, eu não não ligo mais...claro que eu não esqueci totalmente, mas hoje eu posso dizer que sou muito mais feliz, do que quando eu era uma menina cheia de medos.
    Bjs adorei *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, fico feliz que tenha gostado! :)
      Querer sumir para não ver as pessoas que nos machucaram, quem nunca? Mas é bem isso: depois de um tempo, essa vontade passa. Deixamos de ligar, crescemos, superamos.
      Beijos e, novamente, obrigada *----*

      Excluir
  4. Ameii o texto,to chorosaa!!!
    diario-de-uma-adolencencia.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Ótimas palavras, Tá! (ui tá u.u heueheueh, tentando inventar um apelido...) Acredito que tudo oque acontece na nossa vida, e todas as pessoas que vão e vem na vida é por um propósito. Porque, bom, eu acredito em destino.

    Beijo! <3 Lindinhaaa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Mi! (ashuashuas' ui, Mi u.U...). Também acredito em destino. Não exatamente em um plano pré programado imutável, mas sim um caminho que já existe, mas que, dependendo de nossas escolhas e ações, podemos modificar. Tudo bem, ficou confuso, e sem sentido, mas okay =p
      Beijo! ♥ Lindonaaa

      Excluir
  6. Você está cada vez melhor, e seus textos me cativam cada vez mais. Muito lindo esse, e diz a verdade. Afinal, quantas vezes o passado inventa de entrar em nosso futuro sem ser convidado? E o frio na barriga, esse tal frio que sentimos... Temos de ser corajosos, como você disse. Perfeito, simplesmente. :)

    uma-quase-perfeita.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. <333333 Gabi (posso te chamar de Gabi? u.U), sua linda, muuuito obrigada! Pois é, o passado e suas visitinhas inesperadas... Mas, por mais difícil que possa parecer, a gente sempre supera :)
      Outra vez, obrigada! ♥

      Excluir