Marcadores principais

Recaídas de saudade

7.6.14

A Poem A Day 7 - Tema: Um objeto inanimado
Recaídas de saudade


O velho sentiu, outra vez, o coração apertar
A nostalgia, a saudade voltar
“Mas por que você não volta?”, estava a pensar
Mas o ciclo da vida ele não podia mudar
Ela se fora

Ele sobreviveu às bombas no passado
Mas quanto tempo sobreviveria sem seu amor?

Novamente, recorreu ao baú antigo
Em horas de saudade, era seu melhor amigo
Continha cartas queridas
Com sentimentos e verdades contidas
Que em tempos de guerra
Salvaram suas vidas
E seu amor
Mostrando que eram, de fato, mais fortes que a dor.

 Um beijo, Taís K.

6 comentários:

  1. Como sempre, poesia divosa taís! hehehe =3

    ResponderExcluir
  2. Pensei que só eu pensava assim, na tristeza de pessoas velhinhas que perderam seu grande amor ♥ Ficou divônico essa poesia ♥♥♥
    photo-and-coffee.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Tenho um tio que aconteceu quase a mesma coisa com ele :(
    Taís arrasando como sempre!

    Beijos ♡♥
    Meu jardim Secreto
    Facebook | Twitter | Instagram

    ResponderExcluir
  4. Taís, eu adorei essa poesia! Me fez pensar muito quando meu avô faleceu e a forma como a minha avó ficou... lindo demais <3 Tem post novo lá no Blog, já viu? Passa lá e comenta o que achou! Beijos <3 http://gostosdeadolescentes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Chorando aqui :'(
    Uma das mais lindas, se não a mais linda do #PHpoemaday de hoje!
    Bjs da Le
    http://leversosecontroversias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Jesus Cristo, que coisa mais triste :/ Porém muito lindo! ♥ Gostei ainda mais das rimas! :3 Que talento, hein, Taís? <3

    Um enoooooorme e grande beijo,

    Juu-Chan || Nescau com Nutella

    ResponderExcluir