Marcadores principais

Sem tormenta, sem confusão

2.6.14

A Poem A Day 2 - Tema: O céu de hoje
Sem tormenta, sem confusão


Deito em minha cama
Lá fora, a natureza canta
Vejo o céu pela janela
Com sua imensidão azul, me encanta

Por hoje, nada de nuvens
Nenhum indício de algodão
O véu azul está limpo
Sem tormenta, sem confusão

Sinto-me em paz
Devagar, vou fechando os olhos
E adormeço
Um descanso eu mereço.

Um beijo, Taís K.

10 comentários:

  1. Muito lindo, Taís *-*
    Beijinhos ;*

    http://princesas-adoradoras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Todos merecemos este maravilhoso descanso! Muito bonitinha sua poesia!

    Beijos, in-convencional.blogspot.com !

    ResponderExcluir
  3. Eu disse que você fica melhor com poemas! Amei demais esse. Sério Taís, você é uma inspiração pra mim ♥ Adorei demais esse poema, sério. Você organiza bem as palavras, e percebo que quando escreve se diverte com isso. Vejo que você gosta de escrever. Quando você publicar um livro, eu serei a primeira a ler.
    photo-and-coffee.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acha mesmo? Eu sempre amei escrever poemas, desde a 2ª série! E, durante a 2ª série eu era conhecida como "a poeta da turma", título do qual me orgulho até hoje, hehe' ^^ Mas, sei lá, sou bastante insegura quando se fala em meus poemas, nunca sei se estão bons o suficiente. Mas, que eu amo escrevê-los, amo! <3
      Muito obrigada mesmo, Belle! Sim, escrever é muito divertido! Esses tempos, li algo assim: "ser escritor é um saco. É como ter dever de casa todo dia pelo resto da vida", mas eu discordo: dever de casa é chato, escrever, não. Obrigada novamente! ♥

      Excluir