Marcadores principais

Somos Quem Podemos Ser #9

27.10.14

Hey! Não deixe de acessar o novo blog da Yasmin, Psicoti! Clique aqui e acesse!
Capítulo 9:
(A)Normais


A hora do recreio finalmente chegou. Melina e Lúcia estavam esperando na fila do bar da escola. Infelizmente, as duas saíram um pouco atrasadas da sala de aula e acabaram pegando uma fila consideravelmente grande, enquanto que alguns outros alunos já estavam lanchando sentados nas mesas dispostas ali, no refeitório.
- E aí, como foi a conversa com o bonitão? - Perguntou Lúcia, em algum momento, enquanto aguardavam na fila.
- Foi legal, ele é legal.
- Não sei, ele parece ser bastante... estranho. Olhando para ele eu consigo perceber que não se trata de alguém normal.
- E o que é normal pra você?
- Ah, sei lá... Gente como a gente.
- Agora você falou certo: ele não parece ser gente como a gente, o que não quer dizer que não seja  alguém normal. Todos somos normais e anormais ao mesmo tempo.
- Nossa, que amiga mais filosofa essa que eu tenho!
Melina riu. Nesse momento, chegou a vez delas comprarem o lanche. Ambas escolheram comer um folhado de frango. Melina pegou uma lata de coca-cola e Lúcia pegou um suco de pêssego da Del Valle.
- Isso ainda vai te matar um dia. - Disse Lúcia para Melina, enquanto apontava para a lata de coca-cola que ela segurava e as duas caminhavam em direção a uma mesa ainda vazia.
- Com a quantia de conservantes que esse suco aí tem, vamos morrer juntas, amiga.
Chegaram à mesa e sentaram-se lado a lado.
- Mas eu nem te perguntei: você fez dupla com o Vinícius. Como foi? - Perguntou Melina.
- Ah, ele é um garoto legal. A cor favorita dele também é vermelho! - Respondeu Lúcia.
Melina sorriu. Ambas comeram um pouco dos seus pastéis, até Lúcia voltar a falar:
- Olha! Lá vai o Roberto!
Melina olhou para onde Lúcia estava apontando. Roberto estava caminhando em direção ao refeitório, com fones nos ouvidos.
- Isso, Lúcia. Poderia, da próxima vez, gritar um pouco mais alto?
- Foi mal, Lina. Você sabe que eu não sei falar baixo.
Roberto estava comprando um pastel de carne, quando Lúcia falou novamente:
- Que tal você chamar ele para vir sentar aqui com a gente?
- Não.
- Por quê?
- Porque ele já foi embora.
Lúcia procurou Roberto com o olhar e o avistou, lá longe, tomando o caminho em direção a sala de aula. Provavelmente passaria o recreio por lá.

***

- Oi, Roberto! Como foi a escola? - Perguntou sua avó assim que ele chegou em casa.
- Foi legal, eu gostei. - Ele respondeu, dando um pequeno sorriso.
- Que bom. Adivinha o que tem pro almoço!
- Lasanha? - Chutou.
- Não.
- Massa com molho? 
- Não.
- Pizza?
- Bingo!
Roberto riu, e disse:
- Pizza hoje, amanhã e sempre!
Senhora Nocila não entendeu de onde veio a felicidade do neto ao falar em pizza, já que ele não lhe contou sobre a brincadeira que fizeram na escola. Mas, mesmo não entendendo direito porque a palavra pizza o fez rir, ela gostou disso. É sempre bom ouvir o riso de quem a gente ama.
Para ler o capítulo anterior, clique aqui.

12 comentários:

  1. Tô apaixonada pelo Roberto, posso Melina? =P hsauhsauhsa. Que fofos *-*.

    Meus deuses, Taís! Tu coloca aquela Pizza na foto lá em cima, e não quer que eu sinta fome? Sua "nouuuujenta" u.u! rummmm shaushaushauhsa.

    Um beijo! <3 (moça, troque o Just a Dreamer ali na barra lateral pelo PSICOTI?)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Melina says: NEVER! =P AHUSHAUSHUAS' *---* Obrigada! ♥
      A questão é: EU QUERO QUE VOCÊ SINTA FOME, PORQUE EU SOU DO MAL! MUHAHAAHAHAHA!!!!
      Beijão! (troquei!)

      Excluir
  2. Eu odeio e amo começar a ter um ship. Isso é bom porque quando seu ship começa a finalmente virar um casal é muito legal, muito legal mesmo. Mas ainda assim você sofre. Bom, como se diz Melina e Roberto juntos?
    Adorei essa parte ♥
    photo-and-coffee.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que tal RobeLina? Estranho? =P
      Muito obrigada! ♥

      Excluir
  3. Awn Taaaai que coisa mais linda esse capitulo! Você escreve tão bem, é uma leitura tão leve >.< Adoro!
    Acho que você deveria começar a pensar num livro, seria muito legal ^^

    Um beijo grandããão!
    Cá do Aquela Princesa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muuuito obrigada, Carol! ^^
      Aí que tá: pensar eu penso, mas a preguiça não me deixa tornar a ideia realidade =p
      Beijããããããão!

      Excluir
  4. Oiie lindaa >3<
    Sou nova na blogosfera, mas amei seu blooog e estou seuindo *uuuuuuuu*
    me visita? <3 woodso-thoughts

    ResponderExcluir
  5. Taís você e seus textos MARAVILHOSOS!!! <3

    ResponderExcluir
  6. Robelina, taí, gostei! ♥ Sério, quanto comentário meu já deve ter alsnajl Não vou me desculpar por que a culpa é dessa Melina fofa aí. Você devia ser escritora, escrever um livro e tudo mais. Eu compraria na hora. Sim! Estou até agora imaginando a risada dele, ai ai.

    Beijo, beijo e beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Robelina ♥ Se desculpar por quê? Amei todos os seus comentários, sua linda! Obrigada ♥ Eu serei escritora ainda, um dia, um dia. Por enquanto, só escritora de blogs e web novelas mesmo. Mas já tenho algumas boas ideias pra um possível livro...
      Beijões!!

      Excluir