Marcadores principais

Top 5 Melhores Livros de 2014

31.12.14




O melhor livro do ano: Claros Sinais de Loucura, de Karen Harrington.

Dizem que a gente não deve julgar um livro pela capa. Eu mesma digo isso. Mas, um belo dia, eu estava olhando os lançamentos da Intrínseca (editora que publicou Claros Sinais de Loucura) e vi este livro. Me apaixonei pelo título, pelas cores delicadas da capa e pelo desenho de passarinho. Eu o coloquei no meu carinho de compras da submarino sem nem saber do que se tratava a história. ME JULGUEM. Eu deixo.
O fato é que, enquanto eu lia Claros Sinais de Loucura, eu me envolvia com os personagens e com a história de uma forma incrível... Esse livro é perfeito. Sem mais. Se você tiver paciência e coragem, clique aqui e leia uma resenha gigaenorme que eu escrevi sobre Claros Sinais de Loucura. 
Eu aposto que qualquer pessoa que acompanha o blog já tinha certeza de que essa foi minha melhor leitura do ano, não?
“As pessoas em geral são o que decidem ser, não importa de onde vieram.”


O livro mais triste que eu li: Onde a Lua Não Está, de Nathan Filer.

Bati o olho nesse livro na feira do livro de Porto Alegre, achei a capa linda, li o quote escrito na contra-capa e o comprei, sem saber basicamente nada sobre a história. Eu sei, sou uma vergonha. ME JULGUEM².
Esse livro é narrado em primeira pessoa por um protagonista com problemas mentais, que foi meio que o responsável pela morte do irmão mais velho, quando eles dois ainda eram crianças. Foi depois da morte do irmão mais velho, aliás, que seus problemas mentais começaram a se manifestar.
A narração não ocorre em ordem cronológica, em alguns momentos, podemos estar lendo sobre a adolescência do protagonista, em outros, sobre a vida adulta.
Esse livro é extremamente pessimista, na minha opinião. Não porque o protagonista seja pessimista, mas porque me deixou pessimista. Me deixou triste. Mexeu com meus sentimentos de forma não muito agradável. Enfim, já deu pra entender.
Ainda não escrevi uma resenha sobre Onde a Lua Não Está, e, sinceramente, nem sei se o farei. Porém é um livro digno de 5 estrelas, e talvez seja uma boa opção para quem está procurando um pouco de emoção em uma leitura. Mas esse, definitivamente, não é um livro pra todo mundo.
"(...) A maior parte da vida não é nada. A maior parte da vida é só o tempo passando, e nós dormimos durante um pedaço considerável dela."

O livro mais motivador que eu li: A Gente Ama, A Gente Sonha, de Fabiane Ribeiro.

Ao contrário de Onde a Lua Não Está, esse livro me causou uma grande alegria. Além de esperança. A Gente Ama, A Gente Sonha é uma distopia futurista, onde o mundo não é mais como o de hoje: a natureza está destruída, as pessoas são proibidas de sonhar e amar, esse tipo de coisa.
Na realidade, que eu saiba, esse livro só está disponível em versão e-book. Eu o li no comecinho de 2014, o ganhei em um sorteio no blog da minha amiga Sâmmy. Na foto a cima, consta um quote do livro. 
Recentemente, escrevi um pequeno conto que (ao menos na minha cabeça) se passa no mesmo universo de A Gente Ama, A Gente Sonha. Clique aqui para ler. E você também pode clicar aqui e ler a minha resenha.
"Qualquer jardim regado a dois é mais florido."


O livro que serviu para quebrar preconceitos: Todo Dia, de David Levithan.

Nesse livro, narrado em primeira pessoa, o/a protagonista não tem um "corpo fixo", digamos assim. Ele/a é apenas mente, e, todos os dias, ele/a assume o corpo - e a vida - de uma pessoa diferente por um dia. Consequentemente, acaba assumindo o corpo de pessoas de diferentes personalidades, costumes, crenças, sentimentos, etc.
O foco deste livro são as pessoas. As pessoas diferentes umas das outras.
O que faz desse livro um belíssimo quebrador de preconceitos.
Escrevi uma resenha detalhada, clique aqui para ler.
“Todos nós temos mistérios, especialmente quando vistos pelo lado de dentro.”

O melhor livro romântico do ano: A Casa das Orquídeas, de Lucinda Riley.

Pensa num livro perfeito e multiplica por mil! Pronto, o resultado será A Casa das Orquídeas. Ele conta duas histórias: uma se passando no presente, e outra na época da segunda guerra mundial. Sendo que ambas as histórias tem uma ligação incrível e fundamental.
Além do romance, esse livro trata da perda, do recomeço, das difíceis escolhas que precisamos fazer em nome de um "bem maior". Enfim, eu super recomendo. Pretendo escrever uma resenha sobre esse livro em breve, aguardem!
"Tudo o que temos é este instante."
E então, concorda com as minhas escolhas? Quais livros estariam no seu top 5? Espero que tenha gostado do post. ♥

Beijos, Taís K.

12 comentários:

  1. Hey, Taís!
    Ok, posso sentir um leve orgulho por um xodó meu de 2013 estar na lista? "A Gente Ama, A Gente Sonha" é mesmo um amor, um livro que, apesar de se passar em um lugar totalmente sem vida, renova a gente com uma esperança fora de série ao fim da leitura. Fico muitíssimo feliz de ver que esse livro te marcou tanto quanto a mim!
    Preciso ler "Claros Sinais de Loucura", de tanto que você fala bem. Espero me apaixonar por ele tanto quanto aconteceu com você, a história parece ser mesmo maravilhosa! E eu li "A Garota do Penhasco", que é da mesma autora de "A Casa das Orquídeas", e eu gostei muito da história. Intensa, impactante, por entre aspectos familiares, realmente muito bem escrita. Pretendo ler outros livros da autora mais adiante, e já fico empolgada por saber que você indica esse outro.
    Um FELIZ ANO NOVO para você, sua blogueira e escritora maravilhosa, e um ano de 2015 recheado de felicidades, paz, saúde e muitos livros! Hehe
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hello, Sâmmy! ~\O/~
      Pode não, DEVE se sentir orgulhosa! ♥ Esse livro (e-book) é perfeito. Sem mais!
      Sim, você definitivamente precisa ler Claros Sinais de Loucura! O mais rápido possível. Se eu bem te conheço, você vai se apaixonar por ele, tenho certeza! ♥
      A Lucinda Riley escreve maravilhosamente bem! Estou pensando em ler outros livros dela também...
      FELIZ ANO NOVO, SÂMMY! ^^ Te adoro, sua linda! Blogueira e escritora maravilhosa também! Muito obrigada, desejo o mesmo a você! ♥
      Beijões!!!

      Excluir
  2. A.m.e.i Claros Sinais de loucura. Muitooo obrigada por me presentear com um exemplar dele <3. Estava pensando em fazer resenha no meu blog dele... mas sei lá :v. Talvez ano que vem, né? (tentativa fail de ser irônica). Por favor, faça resenha de Onde a Lua Não Está. Bom, se não quiser, tudo bem. Mas cara, adorei a capa e tal. Adoraria a resenha u.u. Vou ler a resenha de Todo Dia. Gostei do seu mini-resumo ali. :3

    P.S.: Acho que vou poder ficar na internet pelos próximos dias... Tinha te falado que eu não ficaria, não é? Não tô afim de entrar no Face agora pra avisar por lá :v.

    Um beijo.
    psicot-i.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sabia que tu iria amar! ♥ Esse livro é muito amável, hehe! De nada! SAUHSUHASUAS' Querida, o tempo passou tão rápido! Já é "ano que vem"! Nossa, parece até que 2014 foi ontem... Passou tão rápido... (tentativa fail de ser irônica²). Okay, eu tentarei fazer uma resenha de Onde a Lua Não Está! (Isso, tentarei, porque é meio complicadinho falar sobre esse livro). Obrigada!

      P.S: Que bom! ~\O/~ Eu já tava sentindo saudades!

      Beijo! ♥

      Excluir
  3. Claros sinais de loucura <3
    Ótimas leituras/escolhas. Que 2015 seja ainda mais literário :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. AMOR EM FORMA DE LIVRO. ♥
      Obrigada! "Que 2015 seja ainda mais literário" ♥

      Excluir
  4. Ah, não li nenhum desses, mas esse último me interesou bastante, vou procurar saber sobre ele pra colocar na minha listinha.♥
    Feliz 2015!!!
    PiinkCookie.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Casa das Orquídeas é um ótimo livro! Coloque na sua listinha, sim! ♥
      Obrigada, desejo um feliz 2015 pra você também! ^^

      Excluir
  5. Eu sumi daqui, gente >< Adorei esse post, gostei muito da ideia, mas não o faria porque eu não me lembro de todos os livros que li em 2014. Peguei livro emprestado, aumentei minha coleção, li em bibliotecas e peguei emprestado nelas. São muitos, enfim. Tenho uma meta literária para 2015, de mais de 25 livros, de todos os tipos. Bem, vamos ver se vou conseguir...
    Claros Sinais de Loucura está minha lista de livros para ler urgentemente em 2015, primeiro por causa das suas ótimas críticas e segundo porque eu me identifiquei com a personagem principal só de ler a sinopse.
    Nunca li Onde a Lua não Está, parece ser muito bom ^-^
    Você falou sobre esse A Gente Ama, a Gente Sonha com um post do Poem a Day, e eu me interessei muito. É possível que eu o leia esse ano, porque eu adorei o tipo do livro e principalmente o fato de ser brasileiro. Hoje em dia muitos livros brasileiros são muito bons, então quero ler cada vez mais deles.
    Também me interessei por esse Todo Dia, todos os livros que você lê parecem ser bons demais!
    Feliz Ano Novo, Taís!
    photo-and-coffee.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sumiu mesmo! Não sua novamente, please! >.< Eu me lembro da maioria dos que li. Vish! Eu li pouco esse ano, se comparado com o ano passado. Li pouquíssimo! Gostei dessa sua meta, boa sorte com ela!
      Que bom que Claro Sinais de Loucura está na sua lista! Porque, bem, você PRECISA lê-lo. Eu já te disse isso, mas não custa repetir.
      Onde a Lua Não Está é fantástico, mas lê-lo não me fez bem. Não quero nem pensar no que aconteceria se uma pessoa com tendências depressivas resolvesse ler esse livro... Não iria acabar bem.
      Exatamente! Existem muitos livros brasileiros ótimos! A gente ama, a gente sonha, é um deles. Leia!
      Todo Dia é um livro fantásticamente fantástico! ♥
      Obrigada, Belle! Feliz ano novo para você também! ^^

      Excluir
  6. E ah, melhor escolha de música impossível!

    ResponderExcluir