Marcadores principais

Metade da Laranja

29.4.15


Eu não me apaixono por pessoas reais, com suas qualidades e defeitos.
Apaixono-me pela parte - que eu julgo - boa delas, somada aquilo que invento dentro da minha cabeça.
Acordando para a realidade, passo a gostar menos delas.
"Quem ama menos, já não ama mais."¹
É isso.
Desapaixono com a mesma frequência na qual troco de roupa.
Quando gosto de alguém, sempre me pergunto se ainda vou querer estar com essa pessoa daqui a alguns anos.
A resposta é sempre não.
Até hoje, sempre foi.
Que me desculpem os modernos, mas eu sou careta ao extremo.
Daquelas que quer namoro oficializado, rotulado.
Namoro que já comece sério, com a intenção de durar.
De preferência, uma vida inteira.
Nunca vou ficar por ficar, sem estar apaixonada.
Nunca fingirei estar apaixonada.
No momento, não estou.
Creio que nunca estive de verdade.
E amor romântico?
Só mesmo no dia em que eu for capaz de amar alguém completo.
Até lá, não vou me envolver com ninguém.
Só comigo mesma.
Eu me amo mais do que tudo.
Não sou a metade de uma laranja, sou uma laranja inteira.
Um segredinho: ninguém é a metade de ninguém.
Somos copos cheios, e quando estamos amando, transbordamos.
Mas somos completos sozinhos.
Completos sem ninguém.
"A gente aceita o amor que acha que merece."²
Me amo tanto que acredito merecer muito mais do que qualquer pessoa já foi capaz de me oferecer.



¹ Desconheço o(a) autor(a) dessa frase.
² Frase do livro "As Vantagens de Ser Invisível."

Beijos, Taís K.

5 comentários:

  1. Taís, amiga, para, que perfeito! Adorei mesmo! <3 Seja careta assim mesmo. Acredita em mim, é melhor. Já eu quero "viver" agora. Eu nunca pensava assim antes de ter uma desilusão amorosa. Eu só queria amar alguém, estava carente de carinho. Então do nada, eu amei. E do nada, acabou. Bom, essa história você já conhece a tempos (porque durante todo esse tempo esteve cmg ♥)... Enfim, agora quero "viver". Se aparecer alguém, bom, que legal. Se não aparecer, ah, que ruim, mas "Mas somos completos sozinhos.Completos sem ninguém".

    E de novo, tenho que dizer: AMEI. Tanto que até vou compartilhar o link no Facebook. u-u

    Um beijo.

    ResponderExcluir
  2. A parte do amor próprio realmente teve tudo a ver comigo. Enquanto conheço várias meninas que ficam falando de procurar namorado e que estão apaixonadas por não sei quem, fico pensando que é pura estupidez.
    Nós já temos à nós mesmos. O amor é algo que vem, não que necessitamos.
    Adorei.
    photo-and-coffee.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Isso com certeza vai pro meu caderninho de poemas e frases.

    ResponderExcluir
  4. A delícia do amor próprio e do desejo real *.* Eu não acredito em amor, mas de fato gostei muito das suas palavras e da forma como se expressou, sem entrelinhas, palavras ao vento <3

    xoxo

    ResponderExcluir
  5. Menina, tô meia coisada aqui. Sabe, quando você tá coisada? Tô coisada. Tipo, você tá vigiando minha vida? Porque estou passando exatamente por isso, socorro fakenfksaenf.
    Eu penso da mesma maneira que você, juro. "Somos copos cheios, e quando estamos amando, transbordamos." Eu estou transbordando, que emoção ♥ Transbordar é bom, muito bom. Mas enfim, é isso. Apenas concordo, se fosse pra escrever algo aqui, dava ctrl c, ctrl v desse seu texto, fksjefnkesfe.

    Always,
    P e r s u a d i r.

    ResponderExcluir