Marcadores principais

Resenha: O Lado Mais Sombrio, de A. G. Howard

30.5.15

Título: O Lado Mais Sombrio.
Série: Splintered.
Autora: A. G. Howard.
Editora: Novo Conceito.
Número de páginas: 368.
Sinopse: Alyssa Gardner ouve os pensamentos das plantas e animais. Por enquanto ela consegue esconder as alucinações, mas já conhece o seu destino: terminará num sanatório como sua mãe. A insanidade faz parte da família desde que a sua tataravó, Alice Liddell, falava a Lewis Carroll sobre os seus estranhos sonhos, inspirando-o a escrever o clássico Alice no País das Maravilhas. Mas talvez ela não seja louca. E talvez as histórias de Carroll não sejam tão fantasiosas quanto possam parecer.
Para quebrar a maldição da loucura na família, Alyssa precisa entrar na toca do coelho e consertar alguns erros cometidos no País das Maravilhas, um lugar repleto de seres estranhos com intenções não reveladas. Alyssa leva consigo o seu amigo da vida real o superprotetor Jeb , mas, assim que a jornada começa, ela se vê dividida entre a sensatez deste e a magia perigosa e encantadora de Morfeu, o seu guia no País das Maravilhas. Ninguém é o que parece no País das Maravilhas. Nem mesmo Alyssa...



Já começo essa resenha dizendo que você precisa ler esse livro. Gostando ou não do gênero fantasia, gostando ou não do clássico no qual o livro foi inspirado - Alice no País das Maravilhas -, leia O Lado Mais Sombrio. Tenho certeza de que você irá se apaixonar por esse livro. Eu me apaixonei totalmente.

O Lado Mais Sombrio pode ser considerado uma continuação de Alice no País das Maravilhas, porque a protagonista de Alice no País das Maravilhas se chama Alice Liddell, e a protagonista de O Lado Mais Sombrio é Alyssa Gardner, sua tataraneta. Quando Alice Liddell foi ao país das maravilhas, ela tinha 12 anos. Quando conseguiu voltar para sua casa, ela contou sobre o país das maravilhas a Lewis Carroll - o autor do clássico livro -, e todos acreditaram que as histórias de Alice não passavam de um sonho da menina. 

Bem, acontece que quando a tataravó de Alyssa entrou no País das Maravilhas, ela aprontou poucas e boas por lá, causando um grande caus. Por isso, ela e toda a geração de mulheres da sua família que ainda iriam vir a nascer (filhas, netas, tataranetas), foram amaldiçoadas: com direito a uma marca de nascença simbolizando a maldição, que fazia com que elas fossem capazes de ouvir os pensamentos e conversas de plantas e insetos, o que acabava as enlouquecendo e fazendo com que tivessem um fim trágico.
"Ninguém sabe do que é capaz até as coisas chegarem ao limite."
Alyssa ainda é uma adolescente. Escuta as plantas e animais, mas ainda consegue esconder isso das pessoas. Ao contrário da sua mãe, internada em um sanatório devido a loucura. Loucura. A princípio, é isso que Alyssa imagina ter. Até que ela descobre que o País das Maravilhas é real e que ela pode quebrar a maldição da "loucura" na sua família, mas, para isso, ela precisa ir até o País das Maravilhas e concertar os erros de Alice Liddell. É exatamente isso o que Alyssa faz.
"Você compreende a lógica que está além do ilógico, Alyssa. É da sua natureza encontrar tranquilidade em meio à loucura." 
Logo ela descobre que o País das Maravilhas é muito mais sombrio e macabro do que o retratado por Lewis Carroll em seu clássico livro. Mas, como Alice era apenas uma criança, acabou suavizando as coisas macabras em sua memória.

Enquanto eu lia esse livro, me senti dentro de um filme do Tim Burton. O livro me prendeu, não consegui largá-lo até chegar a última página. Além de fantasia, O Lado Mais Sombrio contém suspense e romance (#TeamJeb ou #TeamMorfeu? Não consigo me decidir!). Realmente, um dos meus livros favoritos de toda a vida.
"Demolir o resto do mundo não vai fazer você feliz. Olhe para dentro de você. Que tal encontrar sua razão de ser? Para quê você foi colocada nesse mundo? É isso que preenche o vazio. É a única coisa que pode preencher."
No livro, a autora bate muito na tecla de que tudo e todos tem dois lados, que, geralmente, são opostos. Contradição. Gosto disso.

Qualquer semelhança entre mim e a capa do livro é mera coincidência.
Classificação:  + 
 Beijos, Taís K.

17 comentários:

  1. Amei a resenha e fiquei com muita vontade de ler!! Só uma pergunta: pra ler esse é preciso ler Alice no pais das maravilhas?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! ♥ Não é preciso ler Alice no País das Maravilhas primeiro, não!

      Excluir
  2. Resenha <3
    DEUSES, VOCÊ É UMA LIDDELL PERDIDA! HAHA
    Esse livro é realmente mágico e cativador. Angustiante e misterioso... é tudo de bom!

    Beijo! | Blog Entretanto

    ResponderExcluir
    Respostas

    1. EU COSTUMAVA CONVERSAR COM FLORES QUANDO ERA MAIS NOVA E NÃO TINHA NENHUMA CRIANÇA PRA BRINCAR COMIGO!!! (É claro que as flores não me respondiam, pq né)
      Tudo de bom mesmo!
      Beijo!

      Excluir
    2. EU COSTUMAVA CONVERSAR COM FLORES QUANDO ERA MAIS NOVA ²

      Excluir
  3. Palavras não definem o quanto amei esse livro <3 Sempre gostei do clássico Alice no País das Maravilhas e de personagens excêntricos.. Esse livro foi um deleite para mim ;3

    COMO NÃO AMAR ESSE TRIO AMOROSO?? MORFEU, CARA.. COMO NÃO AMAR MORFEU?? ♥

    Faz pouco tempo que acabei Atrás do Espelho, o segundo livro da trilogia. Estou numa depressão literária.. Odeio o fato de não terem previsão para a tradução do terceiro livro -.-

    Enfim, adorei a resenha. Também me senti num universo Burton enquanto lia o livro >< O enredo, os personagens.. Simplesmente genial, surtei em cada página ♥ E concordo, foram os livros que mais me prenderam.. Entraram na minha lista de favoritos >< E sobre essa coisa de ter dois lados.. Adorei isso na Alyssa ;3

    E cara.. Esse é o cosplay mais perfeito que já vi auhsuhas me deu até vontade de parar de pintar o cabelo e de alisar.. pensando seriamente aqui em voltar a ser loira com cachos ;3

    Kissus de menta ♥ ~ alcoolize.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. NÉ, COMO NÃO AMAR?
      Também entrei numa depressão literária quando acabei de ler Atrás do Espelho =( Quero ler logo a continuação, poxa!
      Muito obrigada!
      Kissus de morango ♥

      Excluir
  4. Estou louca pra ler esse livro! Tudo que tem a ver com o País das Maravilhas eu amo, e que quotes perfeitos são esses? Maravilhosos! E você é muito parecida mesma, ai ai.

    http://o-hyeah.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quotes sensacionais ♥ Livro sensacional! ♥ Leia logo!

      Excluir
  5. MEU DEUS, SÃO IGUAIS! :O Sério, essa capa deve ter sido feita pra você!

    ResponderExcluir
  6. Quero ler esse livro faz muito tempo, desde que ele saiu, eu acho. Mas ainda não tive tempo de comprá-lo porque sou pobre e tals (mas meu aniversário tá aí em cima, então ainda há esperança). Nunca li o Alice no País das Maravilhas original, mas li a primeira versão, e posso dizer que amei completamente. Quero lê-lo ainda mais depois dessa resenha.
    Depois dessa foto, se eu for ler esse livro, vou acabar imaginando a Alyssa igual você...
    photo-and-coffee.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia, é perfeitão. ♥ Ah, a Alyssa tem uma personalidade e estilo muito diferentes dos meus, digamos que ela é dark.

      Excluir
  7. EU. AMO. ESSE. LIVRO.
    Cara, também me senti dentro de um filme do Tim Burton. O PLANETA TERRA PODERIA SER TODO TRANSFORMADO AO ESTILO TIM BURTON, NA MINHA OPINIÃO! E admito que certas roupas que eu uso, são meio que pensando nessa minha vontade de o mundo ser estilo Tim Burton. Sou #TeamMorfeu COM TODA A CERTEZA. <3 Enfim, acho que já sabe minha opinião sobre o livro. u.u Ótima resenha. <3

    Um beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. AMAMOS! Hehe >.<
      Sei sua opinião, sim. u.u
      Obrigada! ♥
      Beijo!

      Excluir
  8. Cara, amei esse livro <3 Não que eu já tenha lido, mas gostei só pela sua resenha, ainda mais sendo fã de "Alice no País das Maravilhas" *-----* <3 Eu preciso desse livro, muito obrigada pela indicação e você se parece muito com a garota da capa ahsuahusa . Um beijo :**

    http://teoremadossonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir